Funcionário de armazém de autopeças pegando um item adquirido on-line para embalar e enviar
Passando de paletes para pacotes

Tendências de envio favorecem pacotes, não paletes (e aqui está porque isso é importante)

Rolar para baixo

20 de novembro de 2020

Conforme o E-commerce continua a crescer, o processo de preenchimento fica mais complexo. 

Fabricantes confortáveis com envios paletizados podem ter problemas com eficiência ao lidar com pacotes individuais. O envio de pacotes pode ser a chave para manter os consumidores on-line satisfeitos, mas as remessas de produtos individuais criam tipos de risco de danos e impacto de custos diferentes das volumosas e tradicionais remessas em paletes.  

É imprescindível que os fabricantes tenham planos de preenchimento otimizados e eficientes agora, ou correrão o risco de ficar para trás. Caso suas necessidades sejam enviar peças automotivas, torneiras ou eletrônicos diretamente aos consumidores, e se quiser se manter competitivo e à frente destas novas tendências de consumo impulsionadas pelo E-commerce, talvez seja preciso repensar sua estratégia de preenchimento. Isso significa olhar mais atentamente a cada etapa do processo, desde o design da embalagem e seleção de materiais até formas eficientes de lidar com o crescente volume de pacotes e as distâncias de entrega.  

Aqui seguem quatro sinais de que é hora de otimizar sua operação de embalagem e logística para obter um processo eficiente de envio de pacotes.

1. Suas taxas de danos aumentaram

Pacotes não podem ser tratados como paletes. Quando os fabricantes não avaliam seus processos de embalagem para envios de pacotes, a integridade do produto pode sofrer e as taxas de dano podem ir às alturas. Por fim, não importa o que você envia: há vários fatores que contribuem para uma alta taxa de danos, incluindo muito pouco (ou excesso!) de material de embalagem, materiais incorretos para embalagem ou embaladores inexperientes ou com pressa. 

A boa notícia é que muitos desses fatores estão sob seu controle. Os engenheiros de embalagem da Sealed Air podem testar, projetar e certificar sua embalagem para que ela atenda aos padrões ISTA e de embalagem fácil de abrir da Amazon, ao mesmo tempo em que minimizam ou até mesmo eliminam danos. 

2. Seus custos de frete estão subindo

As mudanças na forma como os transportadores determinam os custos de frete (com base no peso dimensional e não no peso real) significam que, a fim de minimizar custos de frete, seus processos de embalagem e, às vezes, também de materiais, precisam mudar. 

Não assuma que as soluções de embalagem que funcionam para remessas paletizadas ou cálculos de custos de frete anteriores continuarão a dar certo quando seu centro de embalagem e logística precisar acrescentar a capacidade de embalar pacotes individuais. Especialistas em embalagem podem ajudar a garantir que você esteja usando a solução de embalagem correta – que nem sempre é uma caixa – e até mesmo testá-la para certificar seu desempenho.

3. O feedback do cliente é nulo ou reclamações estão vindo com mais frequência

Para o consumidor de hoje, o mínimo necessário é a expectativa de que um pedido chegue a tempo e em perfeito estado. Mas as expectativas dos consumidores estão crescendo constantemente. Para se manter competitivo, as apostas estão em coisas como rastreabilidade de pedidos, entrega rápida, um visual e quantidade de embalagens que encantam o consumidor, materiais de embalagem sustentáveis e devoluções fáceis. 

Se suas práticas de preenchimento e materiais de embalagem não atendem a esses critérios, você já está atrasado. Os especialistas em preenchimento podem ajudar você a acelerar a produção e até mesmo encantar seus clientes.

4. Seu centro de embalagem e logística luta para acompanhar a demanda

Adicionar ou atualizar seus processos e equipamentos pode ser uma tarefa e tanto, mas é provável que sua operação possa ser otimizada para o envio de pacotes com um mínimo de tempo ocioso. Especialistas em embalagem podem ajudar a adicionar embalagens para pacotes à sua atual operação de embalagem e logística, oferecendo soluções que podem se integrar facilmente com suas linhas existentes para que haja o mínimo de interrupção, não importa sua configuração. Sua operação talvez só precise de ajustes ou reconfigurações para maximizar a eficiência.