mulher comprando carne em embalagem case ready (pronta para prateleira)
EMBALAGEM CASE READY (PRONTA PARA PRATELEIRA)

A cara da mudança do comprador de mercados varejistas

Rolar para baixo

11 de janeiro de 2021

Os padrões de uso e compra dos consumidores, que antes eram bastante previsíveis, agora estão sujeitos a incertezas e mudanças. Enquanto os consumidores americanos são conhecidos por serem criativos ou pacientes quando itens secos da despensa não estão disponíveis, quando se trata da embalagem de carne, eles vão a outro lugar se você não tiver o que estão procurando.

Neste momento, é difícil saber exatamente o que o futuro reserva para a cadeia de suprimentos alimentar, mas é provável que as embalagens para alimentos case ready (pronto para prateleira) possam desempenhar um importante papel ao ajudar processadores e varejistas a se preparar para o futuro. 

As embalagens case ready (prontas para prateleira) mitigam o risco da mudança de comportamento do comprador.

 

Não se trata apenas de estarmos preparados para o E-commerce. Trata-se de estarmos prontos para qualquer canal que seus clientes escolherem, de E-commerce, compras na loja a retirada ou entrega por terceiros. As embalagens case ready (prontas para prateleira) ajudam você a lidar com os desafios relacionados ao comportamento do comprador, já que uma única plataforma funciona para todos os canais.

Essas embalagens case ready (prontas para prateleira) permitem que informações como datas máximas para venda, tamanho das porções e preço sejam facilmente comunicadas na própria embalagem, o que melhora a experiência quando os clientes compram on-line ou pedem que um terceiro “faça uma busca na prateleira”.

Os consumidores gostam do fato de que bandejas transparentes ou embalagens skin a vácuo permitem melhor visibilidade do produto, além da conveniência de este poder ir ao freezer na própria embalagem, sem necessidade de reembalá-lo. E, uma vez que essas embalagens case ready (prontas para prateleira) também ajudam a reduzir os pontos de contato na embalagem de carne, as prateleiras podem ser abastecidas mais rapidamente e as preocupações quanto à segurança alimentar podem ser mitigadas.

Atualmente, os especialistas preveem que as mudanças no comportamento do comprador em mercearias podem estar aqui para ficar, sendo que os números se mostram muito mais altos para compras on-line do que era previsto há poucos meses. Enquanto um modelo combinado de compras on-line/off-line provavelmente será o padrão a se manter no longo prazo, o surgimento do envolvimento do E-commerce com um perfil demográfico mais velho traz mais segurança como principal impulso e motivo para as compras on-line. 

 

Gráfico mostra compradores de mercearia fazendo mais pedidos on-line devido ao Coronavírus
O CENÁRIO ESTÁ MUDANDO

A embalagem case ready (pronta para prateleira) oferece a facilidade e conveniência de um único formato, fácil de usar para o consumo por compradores que vão pessoalmente às lojas, que usam o recurso on-line clique e retire ou através de terceiros.

Alguns especialistas preveem que a tendência de incluir ou até mesmo de dar preferência às compras de mercado on-line continuará depois que as restrições sociais impostas pela pandemia terminarem.